Cuidado com o cotonete na hora de limpar os ouvidos!

cotoneteAo invés de promover a limpeza, o objeto pode empurrar a cera para dentro do ouvido e, junto com ela, fungos e micróbios que deveriam ficar de fora.

A cera de ouvido é uma substância de aspecto viscoso que é chamada tecnicamente de cerume. Sua função é manter o canal auditivo limpo, lubrificado e livre de bactérias.

Nossos ouvidos possuem um sistema desenvolvido pela evolução que possibilita que eles se limpem sozinhos. Quando a cera desidrata, o movimento de mastigação do maxilar ou mesmo durante a conversa com alguém ajuda a empurrar a cera velha para fora da orelha.

O problema é que muitos desenvolvem o costume de cutucar os ouvidos por julgar estarem sobrecarregados de cerume. O que o cotonete de fato faz é empurrar para mais fundo no ouvido esse cerume repleto de fungos, bactérias e vírus que foram acumulados no ouvido externo. E lá ele fica preso em locais que não possuem esse sistema autolimpante e pode causar dor, infecções e até perda de audição por conta do bloqueio do canal auditivo ou, em casos mais extremos, da ruptura do tímpano.

Os ouvidos só podem ser higienizado por um profissional médico caso você sinta desconforto físico nos ouvidos ou se notar mudanças na audição que possam ter como causa um acúmulo de cera. Mas caso você esteja sentindo muita vontade de usar um cotonete, saiba que ele só pode ser usado com segurança apenas em torno do ouvido externo, ou seja sem invadir o canal auditivo.

Otorrinolaringologia, Saúde em geral , , , , , ,

Comments are closed.