Planos de saúde deverão cobrir implante de aparelho auditivo

O implante coclear foi incluído no “Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde”, lista de procedimentos mínimos cobertos obrigatoriamente pelos planos de saúde contratados a partir de 1o. de janeiro de 1999


Uma recente resolução da Agência Nacional de Saúde Suplementar vai beneficiar milhares de brasileiros que dependem de aparelhos auditivos para melhorarem sua qualidade de vida. O implante coclear foi incluído no “Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde”, lista de procedimentos mínimos cobertos obrigatoriamente pelos planos de saúde contratados a partir de 1o. de janeiro de 1999.

A cirurgia consiste na colocação de um aparelho auditivo que substitui as próteses tradicionais para pessoas com diagnóstico de surdez total ou quase total. Popularmente conhecido como “ouvido biônico”, o aparelho estimula o nervo auditivo através de pequenos eletrodos que são colocados dentro do ouvido, na cóclea, e o nervo leva estes sinais para o cérebro. É um aparelho muito sofisticado que foi uma das maiores conquistas da engenharia ligada à medicina.

Segundo a fonoaudióloga Maria Cecília Bevilacqua, professora titular em audiologia da Universidade de São Paulo e que trabalha com o implante coclear nas redes privada e pública de saúde, a resolução publicada pelo governo é um avanço tecnológico importante para os deficientes auditivos.

[Com informações do portal G1.]

Aparelhos auditivos , , ,

Comments are closed.